A carregar Todos os Eventos

« All Events

Autor do mês de outubro

Outubro 1 @ 9:00 - Outubro 31 @ 17:30

Américo da Costa Ramalho

Américo da Costa Ramalho nasceu em Almeida no dia 12 de outubro de 1921. Foi um distinto aluno do Liceu D. João III em Coimbra e, em 1945, licenciou-se em Filologia Clássica na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, com 18 valores. Doutorou-se em 1952, com a alta classificação de 19 valores, e em 1954, aos 33 anos, foi nomeado Professor Catedrático da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra.

Como bolseiro do Instituto de Alta Cultura na Universidade de Oxford, entre 1947 e 1949, especializou-se em Grego Clássico. De 1957 a 1959, foi deputado à Assembleia Nacional, interrompendo o seu mandato para ensinar na Universidade de Nova Iorque, como “Visiting Professor of Portuguese” (1959-1962), dando aí início aos cursos doutorais em Cultura Portuguesa e Português Arcaico. Enquanto deputado, destacamos algumas das suas intervenções parlamentares: requereu diversas informações sobre professores do ensino liceal em serviço na metrópole, ilhas adjacentes e ultramar; chamou a atenção do Governo para a situação dos professores agregados dos liceus; fez considerações sobre a necessidade de conferir maior importância ao estudo das humanidades clássicas, especialmente ao latim, no ensino Liceal; requereu informações sobre o Fundo de Teatro; pediu a restauração da Faculdade de Teologia na Universidade de Coimbra. Segundo José Geraldes Freire, «A política não era a sua ambição. Pelo contrário. O que ele dizia na Assembleia nem sempre agradava ao Governo» (in Latim – Língua de Cultura: da idade média à atualidade, p. 14).

Desempenhou altos cargos na sua Faculdade e na sua Universidade: Diretor da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (1969-1974); Diretor do Arquivo da Universidade (1973); Diretor do Instituto de Estudos Clássicos; Presidente do Centro de Estudos Clássicos e Humanísticos; Co-fundador e Presidente da Associação Portuguesa de Estudos Clássicos. Depois do 25 de abril de 1974, partiu para o Brasil, onde deu aulas em três universidades: a Federal do Rio de Janeiro, a Estadual e a Santa Úrsula. Regressou a Portugal em 1977.

Integrou a Academia das Ciências de Lisboa, sendo também membro do Instituto de Coimbra, membro efetivo da Academia Portuguesa de História, membro da Hispanic Society of America, da Société des Études Latines (Paris), da Société Européene de Culture (Veneza) e da Real Academia de la Historia (Madrid).

Américo da Costa Ramalho distinguiu-se, nacional e internacionalmente, com uma vastíssima produção científica, destacando-se os estudos que dedicou ao helenismo, à língua latina e ao humanismo português. Entre muitos outros escritores do Renascimento português, estudou especialmente a obra de André de Resende. Foram-lhe atribuídos o Prémio Laranjo Coelho e o Prémio de História Calouste Gulbenkian e “Presença de Portugal no Mundo”, ambos pela Academia Portuguesa de História. Recebeu, também, a Comenda da “Ordine al Merito della Republica Italiana”.

«O Prof. Dr. Américo da Costa Ramalho foi sempre um trabalhador infatigável e interessado em dar bons exemplos aos mais novos. E como não desiste ele perante a ambliopia que tanto o afeta? Um grande, grande exemplo!» (José Geraldes Freire, Op. Cit., p. 20).

Para Amadeu Torres, «o Senhor Prof. Doutor Costa Ramalho apresenta-se-nos como certos monarcas ou detentores soberanos do poder, rodeado de uma enorme comitiva, de um cortejo rumoroso de nobres guardiães e vassalos, de um séquito de serviçais a quem concedeu generosa alforria: os seus livros, os seus artigos e ensaios, as suas recensões e notas críticas, as suas traduções, o que, no conjunto, ultrapassará bastantes centenas, acrescendo a tudo outrossim as numerosas entradas de dicionários e enciclopédias.» (in Latim – Língua de Cultura: da idade média à atualidade, p. 25). Numerosos foram também os seus discípulos que tiveram a sorte de o ter como professor.

Américo da Costa Ramalho faleceu em Coimbra, com 91 anos, no dia 4 de julho de 2013.

Na Biblioteca Municipal Maria Natércia Ruivo, existem vários livros de Américo da Costa Ramalho, como autor, inclusivamente traduções, e outros em homenagem ao professor.

Do autor:

“Sílvia de Lisardo” de Frei Bernardo de Brito: conferência pelo Prof. Doutor Américo da Costa Ramalho, proferida em Almeida, a 7-12-1969. Guarda: Junta Distrital da Guarda, 1971.

Estudos camonianos. Lisboa: Instituto Nacional de Investigação Científica, 1980.

Latim renascentista em Portugal: antologia. Coimbra: Instituto Nacional de Investigação Científica-Centro de Estudos Clássicos e Humanísticos da Universidade de Coimbra, 1985.

O essencial sobre André Falcão de Resende. Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 1988.

Para a história do humanismo em Portugal: I. Coimbra: Instituto Nacional de Investigação Científica, 1988.

Para a história do humanismo em Portugal. Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 1998 (vol. III), 2000 (Vol. IV).

Traduções:

ARISTÓFANES – Pluto: a riqueza. Introdução, versão do grego e notas. Coimbra: Instituto Nacional de Investigação Científica-Centro de Estudos Clássicos e Humanísticos da Universidade de Coimbra, 1982.

LUCIANO – Diálogos dos mortos. Introdução, versão do grego e notas. Coimbra: Instituto Nacional de Investigação Científica-Centro de Estudos Clássicos e Humanísticos da Universidade de Coimbra, 1989.

SÍCULO, Cataldo Parísio – Epístolas: II Parte. Fixação do texto latino, tradução, prefácio e notas de Américo da Costa Ramalho e de Augusta Fernanda Oliveira e Silva. Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 2005.

Com prefácio do autor:

VASCONCELOS, Carolina Michaelis de – A infanta D. Maria de Portugal (1521-1577) e as suas damas. Lisboa: Biblioteca Nacional, 1983 e 1994. (Há duas edições.)

Homenagens:

PORTUGAL. Instituto Nacional de Investigação Científica – Miscelânea de estudos em honra do Prof. A. Costa Ramalho. Coimbra: Instituto Nacional de Investigação Científica-Centro de Estudos Clássicos e Humanísticos da Universidade de Coimbra, 1992.

PORTUGAL. Associação de Professores de Latim e Grego – Latim: Língua de Cultura da Idade Média à atualidade: atas (Encontro de Professores de Latim – Homenagem ao Professor Doutor Américo da Costa Ramalho). Coimbra: Associação de Professores de Latim e Grego, 2008.

Detalhes

Início:
Outubro 1 @ 9:00
Fim:
Outubro 31 @ 17:30
Categoria de Evento:

Local

Biblioteca Municipal Maria Natércia Ruivo
Rua Conselheiro Hitze Ribeiro 8
Almeida, 6350-125 Portugal
+ Mapa do Google