Almeida > O Município

 

 

O Município

----------------------------------------------------- 

 

Município de Almeida

 

Almeida é um dos 14 concelhos que compõem o distrito da Guarda. Situa-se a uns 760 metros de altitude, na região centro do país, mais propriamente a sul de Figueira de Castelo Rodrigo, a Norte do Sabugal, Este da Guarda e a Oeste de Espanha.

O número de freguesias do concelho de Almeida é de 29 e 8 anexas estando distribuídas numa área geográfica de 524Km2. As freguesias são: Ade, Aldeia Nova, Almeida, Amoreira, Azinhal, Cabreira, Castelo Bom, Castelo Mendo, Freineda, Freixo, Junça, Leomil, Malhada Sorda, Malpartida, Mesquitela, Mido, Miuzela, Monteperobolso, Nave de Haver, Naves, Parada, Peva, Porto de Ovelha, S. Pedro do Rio Seco, Senouras, Vale de Coelha, Vale da Mula, Valverde e Vilar Formoso.

 Com a Reforma de Mouzinho da Silveira, de 24 de Outubro de 1855, são extintos os Concelhos de Castelo Mendo e Castelo Bom, fazendo parte integrante do Concelho de Almeida.

Através do Decreto de 7 Dezembro de 1870 recebeu 12 freguesias do concelho do Sabugal e a 1 de Março de 1883 mais duas. A 12 de Julho de 1895 são tiradas mais quatros freguesias ao concelho de Sabugal. Mas o concelho de Almeida também perdeu as localidades de Cinco Vilas e Reigada, pertencendo actualmente ao concelho de Figueira de Castelo Rodrigo.

Origem da Vila de Almeida

Almeida, apesar de toda a sua afirmação desde a Idade Média, revela vestígios do período pré-histórico, transparecem, não só em Almeida mas por todo o concelho, castros como o de Castelo Mendo e Castelo Bom, edifícios do tipo dolménico e alguns objectos que têm sido encontrados nas margens do Rio Côa.

Quanto à presença dos romanos foram encontrados inúmeros vestígios localizados no "enchido da Sarça". Este local, também chamado sítio dos pedregais e que fica a 1 km da vila para norte, foi onde se fixou primeiramente a população, vindo mudar-se, alguns séculos mais tarde para junto do castelo. De igual importância foi a ocupação árabe que com o seu carácter produtor tornaram estas terras áridas um centro produtivo de agro-pecuária. Depois da ocupação árabe deu-se a reconquista cristã deste território no século XI e passou a ser uma zona castelhana. Após várias lutas com o reino de D. Dinis em 1297 com o Tratado de Alcanices passa a pertencer definitivamente ao território português.

Agenda de eventos
Consulte os eventos a realizar.mais
CAF 2016/2017
CAF - Verão 2017
beira.ptPrograma Operacional da Região Centro
Pos Conhecimento
FEDER