Freguesia de S.Pedro do Rio Seco

População: 181 habitantes

Dista da Sede de Concelho: 10,8 km

Área: 22,59 km²

Esta freguesia é muito antiga, localizada junto à ribeira do rio Seco e dela se faz menção no ano de 1222 na “carta de povoação da herdade do rio Seco” dada por D. Sancho II.

Porém, só através dos foros de Castelo Bom, no início do séc. XIII, se faz referência a S. Pedro do Rio Seco. Com o tratado de Alcanizes (1297), a povoação é transferida do reino de Castela para o reino de Portugal, englobada no concelho de Castelo Bom, Juntamente com Vilar Formoso, Freineda e Naves, concelho a que viria a pertencer até 1834.

A igreja matriz é um interessante templo barroco do séc. XVIII. Tem três naves, cinco altares, belas imagens, um interior bem cuidado e um portal manuelino.
Esta freguesia é riquíssima em vestígios arqueológicos. As sepulturas simples ou antropomórficas encontram-se referenciadas com placas colocadas pela autarquia local.

Artesanato
– Miniaturas em madeira
– Bordados

Atividades Económicas

- Agricultura
- Construção civil
- Serralharia

Festividades

- Festa Nossa Senhora do Bom Sucesso (Penúltimo fim-de-semana de Agosto)
- Festa S. Pedro (Domingo a seguir ao dia 29 de Junho )
- Festa de S. José (Domingo a seguir ao dia 19 de Março)
- Festa do Menino (Dia 1 de Janeiro)

Património

Património Edificado:
- Pequenos núcleos de Arquitectura Popular residencial e agrícola
- Fonte de Mergulho – Urbano / séc. XIX (Conjectural)
- Fontanário e Tanque – Urbano / séc. XIX (Conjectural)

Património Religioso:
- Igreja Matriz – Urbano / séc. XVI / XVIII (Manuelino e Barroco)
- Calvário – Urbano / séc. XVIII / XIX
- Capela de N. Sr.ª do Bom Sucesso - Urbano / séc. XVIII

Património Arqueológico e Etnográfico:
- Pombal – Periurbano / séc. XIX (Arquitectura Popular de carácter utilitário)
- Lagar escavado na rocha no sítio do Vale dos Lagares – Rural / Período Romano (Conjectural)
- Sepulturas Antropomórficas cavadas na rocha no sítio do Vale dos Lagares – Rural / Período Medieval (Conjectural)

Brasão

Escudo de púrpura, livro aberto de prata; em chefe, uma chave de ouro e uma chave de prata, passadas em aspa, com os palhetões para cima; campanha diminuta ondada de prata e azul de cinco tiras. Coroa mural de prata de três torres. Listel branco, com a legenda a negro: «S. PEDRO de RIO SECO».

Bandeira


Branca. Cordão e borlas de prata e púrpura. Haste e lança de ouro.