Freguesia de Cabreira

População: 91 habitantes

Dista da Sede de Concelho: 26 km

Área: 5,35 km²

Orago: Santa Maria Madalena

Situada no extremo oeste do concelho e seu limite com o da Guarda, a freguesia de Cabreira dista 26 km da vila de Almeida. Com uma altitude média de 720 metros, está localizada numa encosta da margem direita da Ribeira das Cabras.

O povoamento inicial do território desta freguesia deve ascender a tempos castrejos, ou pelo menos, à época da dominação romana. A instituição paroquial de Cabreira deve supor-se posterior à Idade Média, pois que nos séc. XIII e XIV, pelo menos, não existia ainda, incluindo-se na vasta paróquia de Santa Maria de Castelo Mendo. E de acordo com o tardio da erecção paroquial local e até com o do repovoamento (séc. XII), está o orago, Santa Maria Madalena, que só no sec. XIV, ou mais tarde, começa a figurar como titular de templos. Em razão da origem e filiação, o cura de Cabreira ainda no séc. XVIII era anualmente apresentado pelo abade de Santa Maria de Castelo Mendo, com uma côngrua de 6 mil reis em dinheiro, além do pé de altar. A este concelho de Castelo Mendo pertenceu Cabreira até à sua extinção em 24 de Outubro de 1855, passando então para o de Sabugal até 7 de Dezembro de 1870, data em que transitou, em definitivo, para o de Almeida.

Em termos arquitectónicos, destaca-se a zona central da povoação, bem integrada na paisagem natural, e ainda a Casa Antiga, admiravelmente enraizada no ambiente tradicional, constituindo vivo testemunho da arte e da técnica de gerações passadas. A Igreja Matriz, dedicada a Santa Maria Madalena, foi aumentada e reconstruída em Setembro de 1840, sendo hoje uma das mais belas e amplas do concelho. O edificio, comuma bela imagem do orago, em pedra, na frontaria, sucedeu a um primitivo templo edificado em 1611. Refira-se também a existência de diversas “alminhas”, de grande lavor, situadas nas encruzilhadas dos caminhos, datadas dos séc. XVII e seguinte.

Gastronomia
– Busigada
– Cabrito Assado
– Arroz de lebre
– Doce de marmelo
– Doce de ginja
– Doce de abóbora

Artesanato
– Ferraria
– Carpintaria
– Tornearia

Atividades Económicas

- Agricultura
- Pecuária

Festividades

- Festa de Santa Maria Madalena (22 de Julho)
- Festa de Santa Bárbara (Agosto)

Colectividades

Associação Social, Recreativa e Cultural da Cabreira
Rua do Fundo Lugar 6355-030 Cabreira

Associação Sócio-Terapêutica de Almeida (ASTA)
Alto da Fonte Salgueira 6355-030 Cabreira

Património

Património Edificado:
- Pequenos núcleos de Arquitectura Popular residencial e agrícola

Património Religioso:
- Igreja Matriz – Urbano / séc. XIX (1840)
- Capela de St.ª Bárbara – Urbano / séc. XX
- Cruzeiro – Urbano / séc. XX (Neomanuelino)
- Calvário – Periurbano / séc. XVIII / XIX (Conjectural)
- Alminha do Caminho da Ribeira das Cabras / séc. XVIII / XIX (Conjectural)

Património Arqueológico e Etnográfico:
- Ponte Velha – Rural / Período Romano ou Medieval (Conjectural)

Outros Locais de Interesse Turístico
- Moinhos de água
- Margem direita da ribeira das Cabras (praia fluvial)</p>

Brasão

Escudo de azul, vaso de perfume de ouro, realçado de negro e duas cabras postas em cortesia, de prata, animadas de vermelho, tudo alinhado em roquete; campanha diminuta ondada de prata e azul de três tiras. Coroa mural de prata de três torres. Listel branco, com a legenda a negro: «CABREIRA - ALMEIDA».

Bandeira


Branca. Cordão e borlas de prata e azul. Haste e lança de ouro.