Freguesia de Peva

População: 168 habitantes

Dista da Sede de Concelho: 7,8 km

Área: 14,85 km²

Orago: Santa Maria Madalena

É freguesia do concelho de Almeida, e tem como anexa uma outra aldeia, cujo nome era noutros tempos Chavelhos, que mais tarde se chamou Chavelhas.

Ao que se diz, a população não gostava do nome, por pejorativo que era, ou que poderia considerar-se como tal, pois que aos homens da povoação se chamava Chavelhudos, o que não era o caso, salvo seja, pelo que desenvolveram esforços junto das autoridades própria, e há poucas dezenas de anos, tal anexa passou a ter o nome de Aldeia Bela.
Peva está localizada a cerca de 7,8km da sede concelhia.

A freguesia tem como padroeira Santa Maria Madalena, mas não vem incluído no “Catálogo de todas as egrejas, comendas e mosteiros que havia nos Reynos de Portugal e Algarves, pelos annos de 1320 e 1321”. com a lotação de cada uma delas.

A primeira notícia que se encontra escrita sobre a freguesia, é a referência à sua população, no Cadastro da População do Reyno, de 1527, ordenado pelo Rei D. João III, que indica ter a freguesia, nessa data, 49 fogos.
Chavelhos tinha 20 fogos, conforme também notícia do dito Cadastro, pelo que a freguesia hoje constituída pelos dois Povoados, tinha então 69 fogos.

Era nessa data do concelho de Castelo Mendo, mas este concelho foi extinto por Decreto de 24 de Outubro de 1835, e a freguesia, juntamente com outras, foi absorvida pelo concelho do Sabugal, onde permaneceu até 1870. Desde esta data , foi integrada no concelho de Almeida, quer administrativa quer judicialmente, mas com a extinção da Comarca de Almeida em 1929, passou no judicial, a pertencer à área da comarca de Figueira de Castelo Rodrigo, de onde transitou para Almeida, logo que a Comarca foi restaurada.

Um dito popular, “Peva, Cavelhas e Azinhal, três províncias de Portugal” era tido como “gozo” no comum das gentes, por tão pequena ser a área das três povoações, situadas na parte mais poente, do concelho de Almeida.

As terras de Peva confrontam a poente com os de Atalaia, no concelho de Pinhel, e aquele debruça-se do alto do planalto sobre terras do “Ribeira das Cabras”, escabrosas, duras, apenas produzindo centeio, mas sendo floresta das de carrasqueira, giestas, carvalhais e poucos pinhais, pois que o vento agreste e frio, do planalto, que não tem montanhas ou serranias que lhe façam frente, condiciona totalmente a floresta e a vegetação espontânea no solo.

Peva conta com um Museu Rural, um projecto que demorou cinco anos a materializar-se face às dificuldades em arranjar financiamentos. O projecto foi feito em 1995, e a obra candidatada em 1996, mas só em Setembro de 1999 foi possível arranjar uma linha de financiamento através do Procôa. Para além da parte museológica, onde podem ser vistos desde utensílios de lavoura a paramentos, o Museu Rural tem ainda uma sala convívio que a associação quer aproveitar ao máximo. Do seu programa constam jornadas mensais, ou semanais, de gastronomia e serões com animação musical, como forma de atrair os turistas.

Gastronomia
– Panco
– Petisco
– Pão-de-ló

Artesanato
– Construção de carro de bois
– Tanoaria

Anexas
– Aldeia Bela

Atividades Económicas

- Agricultura
- Pecuária
- Construção civil

Festividades

- Santa Maria Madalena (22 de Junho)
- Espírito Santo (Dia de Pentecostes)
- S. Sebastião (Agosto)

Colectividades

Associação dos Amigos de Peva
Rua da Cancela, 6350-331 Peva

Associação de Caça e Pesca de Peva
Rua do Pocinho, 6350-331 Peva

Associação de Solidariedade Social, Cultural e Desportiva de Aldeia Bela
Edifício da Casa do Povo, 6350-331 Aldeia Bela, Peva

Património

Património Edificado:
- Pequenos núcleos de Arquitectura Popular residencial e agrícola em Peva e Aldeia Bela

Património Religioso:
- Igreja Matriz de Peva – Urbano / séc. XVIII / XIX (Conjectural)
- Campanário Rústico – Urbano / séc. XVIII / XIX (Conjectural)
- Igreja Matriz de Aldeia Bela – Urbano / séc. XVIII / XIX (Conjectural)
- Campanário Rústico – Urbano / séc. XVIII / XIX (Conjectural)
- Cruzeiro de Ribeiro Salgueiro – Periurbano / séc. XVIII / XIX (Conjectural)

Património Arqueológico e Etnográfico:
- Museu Rural – Urbano / séc. XIX / XX (utensílios de lavoura e paramentos)
- Forno Comunitário de Aldeia Bela – Urbano / séc. XIX (Conjectural)

Património Natural e Lazer:
- Açude na Ribeira das Cabras – Rural
- Miradouro sobre a Ribeira das Cabras em Peva – Urbano

Outros Locais de Interesse Turístico
- Ribeira das Cabras

Brasão

Escudo de azul, barra ondada de prata carregada de burela ondada de azul, acompanhada de vaso de perfume de ouro, realçado de negro e de gavela de espigas de centeio de ouro, atada de vermelho. Coroa mural de prata de três torres. Listel branco, com a legenda a negro: «PEVA - ALMEIDA».

Bandeira


Amarela. Cordão e borlas de ouro e azul. Haste e lança de ouro.