ALMEIDA NO FICAM – Fórum Ibérico das Cidades Muralhadas

ALMEIDA NO FICAM - Fórum Ibérico das Cidades MuralhadasNos dias 8 e 9 de Fevereiro de 2011 realizou-se mais uma reunião de trabalho da Junta Directiva (ampliada) do FICAM em Vejer De La Frontera – Cádiz.Almeida integra o FICAM desde 2007, fazendo parte da sua Junta Directiva desde 2009. O FICAM é constituído por 47 Municípios de Portugal e Espanha.

O FICAM desenvolve iniciativas no âmbito da divulgação, intercâmbio de experiências, acções de dinamização de âmbito cultural, seminários e workshops dedicados ao património fortificado, que promovam a sua dinamização e preservação.

“As Ciudades Muralladas constituem um excepcional legado de um passado longínquo, e devem ser apreciadas e preservadas do abandono e da destruição e transmitidas à nossa descendência como testemunhos insubstituíveis da história”. FICAM, carta de Plasencia.

Esta reunião teve por objectivos principais a preparação e definição das comemorações do Dia das Muralha a realizar durante o mês de Outubro de 2011, preparação do 2.º Seminário Ibérico das Cidades Muralhadas – “Viver as Muralhas” a realizar em Castelo Branco nos dias 3 e 4 de Abril de 2011 que contará, também, com a presença de cidades do Norte de África. Paralelamente ao seminários serão desenvolvidas outras acções como é o caso de uma exposição alusiva ao património fortificado de cada uma das cidades e vilas que integram o FICAM.

Foi ainda abordado o Programa POCTEP no âmbito da candidatura efectuada ao mesmo pelo FICAM, que integra Almeida, Alcantara, Coria, Silves, Olivenza, Vejer de la Frontera, Castelo Branco, Elvas e Valença, continuando-se a aguardar a avaliação definitiva pelos organismos centrais.

O FICAM está a desenvolver esforços para a criação de uma marca de qualidade e definição de critérios que reconheçam as intervenções de qualidade que se vêm desenvolvendo no património fortificado das cidades que integram o FICAM. 

Estiveram presentes os Municípios de Almeida, Bragança, Carmona, Castelo Branco, Ceuta, Coca, Cória, Lagos, Plasencia e Vejer de la Frontera, representados pelos respectivos presidentes assessorados por técnicos de cada um dos Municípios.