Exposição Temporária e uma oferta ao Museu 
Exposição Temporária e uma oferta ao Museu 

 

A Exposição Temporária patente no MHMA assente no tema "o Tenente-rei Francisco Bernardo da Costa e a sua injusta condenação" vai estar patente no MHMA de 18 de Maio a 31 de Agosto.

É constituída por 12 painéis escritos e ilustrados que falam do percurso de vida do Tenente Rei até sua injusta condenação pela queda da Praça d Almeida "vitima inocente e imolada à intriga de uns e lisonja de outros". Fazem parte da exposição outros objetos relacionados dos quais destacamos um retrato pintado pelo artista plástico Henrique Vaz, que na falta de qualquer representação de época, fez, ele próprio com base nos traços dos seus descendentes, um possível desenhado de acordo com as linhas e dimensões anatómicas que informaram os descendestes e que na opinião do autor, a qual partilho, pode naturalmente não estar rigorosamente exato. Mas a figura, a pose distinta e aquele olhar "azul " sério e triste, estão de acordo com a historia que ele viviu. Com a sua alma.

Esta exposição inseriu-se nas comemorações das Aldeias em Festa uma iniciativa cofinanciada pelas AHP e organizada pelo Município, sob o tema os Mistérios da Queda de Almeida, nesta sequência lembrámos o Tenente Rei e convidámos a estar presentes os descendentes que descobrimos, e foram dois dias cheios de História, historias e muitas emoções.

Deixo também registada o agradecimento que gentilmente nos enviaram e que partilhamos, porque Almeida é muita terra cheia de História, que recebe e acolhe bem, para além de ter gente com muita ALMA!

"A memória do Tenente-rei da Praça de Almeida existe nas nossas vidas desde a infância, transportada pela geração que nos precede e trazida a esta pelos nossos Avós, trinetos do Coronel Francisco Bernardo da Costa e Almeida.

Há poucas semanas mal podíamos imaginar que nos seria proporcionada uma visita a esse passado. Se, desde pequenos, nos sabíamos descendentes dessa personagem tão ilustre, no fim-de-semana que passámos na Vila de Almeida passámos a sentir-nos de facto seus parentes.

Muito para além da visita atenta a um lugar histórico ou da participação na homenagem que Almeida decidiu prestar ao Tenente-rei, o que também vamos reter na memória é a forma como fomos recebidos e, também nós, homenageados.

Vivenciámos uma outra época e sentimos um pouco da História de Portugal. Por aquela larga planície, pelas ruas, praças e casas, pelas paredes e pelas muralhas ouvia-se e respirava-se o som surdo das memórias longínquas, trazidas pelo vento guerreiro, impedindo-nos de esquecer o sublime território de Almeida.

Regressámos mais ricos e mais sabedores; mas também mais curiosos e com vontade de regressar.

Foi sobretudo uma honra e, por isso, aqui deixamos o nosso agradecimento.

Isabel Maria Matos da Costa e Almeida

António José da Costa e Almeida Matos Godinho

Francisco Bernardo Paula Marques da Costa e Almeida

Luís Miguel da Costa e Almeida Matos Godinho

Ana Luísa da Costa e Almeida Matos Godinho Moniz

 

Foto

Foto

Agenda de eventos
Consulte os eventos a realizar.mais
CAF 2017/2018
Exposição temporária "O Tenente-Rei Francisco Bernardo da Costa e Almeida
beira.ptPrograma Operacional da Região Centro
Pos Conhecimento
FEDER